Alporquia (ou mergulhia), passo a passo

Escolher o ramo para o alporque

A alporquia (ou mergulhia) é um método muito eficaz e simples de reproduzir plantas, neste artigo vou demonstrar como fazer passo a passo. No caso do Bonsai, é possível obter troncos interessantes fazendo crescer raízes em pontos específicos de árvores maiores. A melhor época do ano para o fazer é entre o meio e o final da Primavera.

Este ano de 2013, fiz cerca de uma dúzia de alporques em 4 espécies: Acer Palmatum, Acer Palmatum Deshojo, Azálea (Rhododendron) e Romãzeira (Punica Granatum). Aqui fica um guia passo a passo de como fazer um alporque.

 Escolher o ramo para o alporque

Escolher o ramo para o alporque e fazer 2 cortes na casca a toda a volta do ramo.

Se o corte superior for feito numa zona de nós, provavelmente terá mais sucesso no lançamento de raízes nessa zona.

Alporque: Retirar a casca do ramo

Retirar o anel de casca.

Alporcar: Colocar musgo de esfagno

Fazer uma bola de musgo de esfagno bem húmido (ou outro composto com propriedades semelhantes) e colocar à volta do anel de forma a que este fique bem tapado.

Mergulhia: proteger o musgo de esfagno com plástico

Enrolar plástico à volta do musgo de esfagno e fazer com que este fique bem junto ao tronco. Apertar o “embrulho” com arame ou ráfia (não mostrado na imagem). Isto fará com que a humidade permaneça dentro do alporque.

Alporque: plástico preto

Por último, colocar plástico opaco à volta do alporque. Este plástico vai proteger dos raios do sol e da luminosidade e vai permitir que se inspeccione o desenvolvimento, pois o plástico interior é transparente.

Agora é necessário aguardar umas semanas para ver resultados… até lá…

Veja como este alporque cresceu em “Alporquia (ou mergulhia), passo a passo: plantando”

Autores

*

Top
E-book Grátis: Técnicas para manter vivo o seu Bonsai Obter
Hello. Add your message here.