Alporquia (ou mergulhia), passo a passo: plantando

alporque bonsai

Passaram exactamente 2 meses desde o dia em que fiz os alporques no meu Acer palmatum (veja aqui como eu fiz o alporque: Alporquia (ou mergulhia), passo a passo)…

alporque bonsai

Depois de espreitar por baixo do plástico preto, vejo que já há novas raízes.

 

alporque, raízes húmidas

Repare como o plástico manteve o musgo húmido para que as raízes pudessem crescer…

 

cortar o alporque

Talvez seja um pouco cedo para retirar o alporque na árvore mãe, mas o tempo está muito quento e noto que a planta está a perder algumas folhas… portanto, vou correr o risco e retirá-lo agora. Com uma serra, corto o ramo imediatamente abaixo da bola de musgo e raízes. Não retiro o plástico para que as raízes se mantenham bem acondicionadas. Só o retiro no momento antes de envasar.

 

alporque raízes

Depois de ter o vaso preparado, remova o plástico à volta das raízes com cuidado. Nesta imagem pode ver-se como as raízes cresceram à volta do anel onde a casca foi retirada. Espero que estas raízes sejam suficientes para alimentar a árvore nesta fase inicial.

alporque plantado

Agora, a planta está num novo vaso, pronta para iniciar uma vida como uma árvore independente… que será bom material para um futuro bonsai. Devemos agora proteger a planta do sol directo e do vento. Se necessário, colocar uma estaca para que se mantenha firme no vaso. Não regar em demasia mas manter o solo sempre húmido. Não alimentar até que mostre sinais claros de novo crescimento….

Espero que tenha gostado desta série, sinta-se à vontade para deixar os seus comentários e questões em baixo… e, boa sorte com os alporques!

Autores

8 comentários

  1. extyleer said:

    Boas CorreiadaSilva, gosto muito do teu site e dos teus ensinamentos.
    Ao ver os teus artigos sobre Alporquia quero fazer uma numa Pintagueira que tenho lá em casa. Podes informar qual a melhor época e se posso usar algodão em vez de musgo?

    • correiadasilvabonsai said:

      Olá,

      Obrigado pelo seu comentário.
      Embora eu nunca tenha tentado fazer um alporque numa pitangueira creio que é possível reproduzi-las por este método. A melhor época para o fazer é o período entre um mês e meio até três meses após o início da estação de crescimento (Primavera).
      Usar algodão pode ser uma solução, mas parece-me que é pior para reter a humidade… a alternativa ao musgo é usar terra normal, desde que não seja muito compacta, para permitir que as raízes se desenvolvam.
      Qualquer dúvida, estou à disposição.
      Cumprimentos,
      correiadasilva

    • correiadasilvabonsai said:

      Olá Enock Nicolau, muito obrigado pelo seu comentário. Se tiver dúvidas, esteja à vontade para perguntar. Nas próximas semanas, colocarei fotos da evolução dos aceres que reproduzi por alporque no último ano.
      Cumprimentos,
      correiadasilva bonsai

  2. rosemil said:

    Bom dia nesta semana adiquiri uma muda de ficus , em um viveiro daqui da minha cidade(limeira) a mesma está plantada em um vaso plástico , e com poda drástica , da base do vaso até o apice é de 75 cm , o tronco está com 45 cm , perguntas: devo esperar a brotação para depois adubar, posso retirá-lo do vaso plático e cortar uma parte das raízes , e colocar em um vaso de treinamento , qual a epoca melhor para estes procedimentos , por favor me ajude.

    • correiadasilvabonsai said:

      Olá Rosemil,
      A melhor altura para reenvasar é antes da estação de crescimento (final do Inverno/início da Primavera), aí as plantas terão mais facilidade em reagir à poda das raízes. Quanto a adubação, é mais seguro esperar que os brotos cresçam um pouco antes de adubar, pois por vezes, quando são muito tenros e se aduba em demasia, eles “queimam”.
      Espero ter ajudado.
      Qualquer dúvida, não hesite em perguntar.
      Cumprimentos,
      correiadasilva bonsai

  3. Andre said:

    Bom dia Correa da Silva.
    Muito legal e didática a tua materia.
    Gostaria de saber qual material utilizo no vaso para plantar a muda após o corte da alporquia. Utilizo terra comum ou substrato?
    Obrigado e mais uma vez parabéns

    • bonsaics said:

      Olá André,
      Muito obrigado pelo seu comentário.
      Há duas coisas principais a ter em consideração no solo que se envasa um alporque: a sua capacidade de reter humidade e a sua drenagem. Parecem duas coisas contrárias, mas o segredo é manter um equilibrio entre as duas, ou seja, o solo deve reter humidade, mas conseguir expulsar o excesso de água para não encharcar. Esta é a regra de ouro em todos os solos de plantas de vasos.
      Portanto, se usar uma terra com muita matéria vegetal que drene bem e não fique compactada nem encharcada, é o ideal. Eu normalmente uso uma mistura de turfa com alguma areia grossa e um pouco de terra normal do jardim, que fica com uma textura leve, fofa e retem humidade. Tenha em atenção de colocar a planta protegida do sol direto e do vento nas primeiras semanas. Coloque uma estaca para que ela não se mexa enquanto as raízes enchem o vaso.
      Espero ter ajudado, qualquer questão diga.
      Obrigado,
      correiadasilva

*

Top
E-book Grátis: Técnicas para manter vivo o seu Bonsai Obter
Hello. Add your message here.